SDECTI e Civap lançam Plano de Desenvolvimento Regional e Local

SDECT e Civap lançam Plano de Desenvolvimento Regional e Local

http://www.assisnews.com.br/editoriais/geral/2013/09/secretaria-de-desenvolvimento-e-civap-lancam-plano-de-desenvolvimento-regional-e-local.html

03/09/2013

O evento marcou o início dos trabalhos de elaboração do Plano de Desenvolvimento Regional e Local dos Municípios do Vale do Paranapanema.

O Plano de Desenvolvimento foi anunciado pelo presidente do Civap, Jairo da Costa e Silva e pelo coordenador Flávio Prandi Franco da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia.

Representantes do Vale do Paranapanema receberam com grande alegria o lançamento do Plano de Desenvolvimento Regional e Local anunciado durante cerimônia realizada na manhã desta sexta-feira, 30, no Anfiteatro da Fundação Educacional do Município de Assis – Fema.

O evento marcou o início dos trabalhos de elaboração do Plano de Desenvolvimento Regional e Local dos Municípios do Vale do Paranapanema, uma iniciativa inédita do Consórcio Intermunicipal do Vale do Paranapanema – Civap, viabilizado graças ao apoio do Governo do Estado de São Paulo, que disponibilizou recursos por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT).

A cerimônia reuniu representantes de diversos municípios da região, entre eles prefeitos, vereadores, secretários municipais, associações, instituições de ensino e comunidade em geral.

O Plano de Desenvolvimento foi anunciado pelo prefeito de Tarumã, Jairo da Costa e Silva – presidente do Civap e pelo coordenador Flávio Prandi Franco da Coordenadoria de Desenvolvimento Regional e Territorial, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, que na oportunidade representou o secretário Rodrigo Garcia. Também compuseram a mesa de autoridades o prefeito de Cândido Mota, Zacharias Jabur – vice –presidente do Civap, Ulysses Guariba – presidente do Conselho Curador da Fema, Alcides Coelho – vereador municipal de Assis e Marcelo Augusto Montagnana – gerente do Sebrae/Regional Marília.

Diretora do Civap, Ida Franzoso, prefeito Jairo da Costa e Silva – presidente do Civap, diretor da Geo Brasilis José Roberto, Dorival Finotti, Flávio Prandi da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e prefeito Zacharias Jabur – vice –presidente do Civap.

O Presidente do Civap agradeceu o grande apoio que o Governo do Estado de São Paulo tem oferecido a região do Vale do Paranapanema, lembrando as últimas visitas do governador Geraldo Alckmin e os investimentos realizados neste ano em Assis e região. Jairo também fez questão de agradecer a confiança da Secretaria de Desenvolvimento Econômico com a concessão dos recursos que possibilitaram a realização do Plano, lembrando o grande trabalho desenvolvido pelo secretário Rodrigo Garcia, que segundo ele tem representando muito bem todas as Secretarias das quais esteve à frente.

O coordenador Flávio Prandi reafirmou o compromisso do Governo do Estado com o desenvolvimento das regiões paulista e afirmou que a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia está a disposição do Consórcio e da região com foco em ações que visem o desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação.

Os recursos para a elaboração do Plano já foram recebidos pelo Civap, que contratou, por meio de processo licitatório, a empresa Geo Brasilis de São Paulo, que desde 1998 atua na elaboração e aplicação de planos de desenvolvimento econômico, Master Plans e planejamentos estratégicos, sejam empresariais ou de políticas públicas voltadas ao desenvolvimento.

Durante o evento as etapas da elaboração do Plano foram apresentadas por José Roberto da Silva, diretor da empresa Geo Brasilis. Segundo ele, a elaboração do Plano do Vale do Paranapanema se firmará num processo participativo, que deverá apresentar as demandas e potencialidades da região e sua elaboração envolverá osmunicípios Consorciados, as lideranças públicas e privadas, locais e regionais, com foco na implementação de ações de estímulo ao desenvolvimento econômico na região e ao crescimento do emprego e renda.

O objetivo do Plano é, a partir da análise dos projetos existentes ou em andamento, elaborar projetos estruturantes, oportunidades de negócios e recomendações, que estimulem a dinâmica das cadeias produtivas da região, novos investimentos, geração de emprego e renda. O Plano deverá ser concluído em seis meses e tem como principais metas: a definição de ações com foco na geração de empregos e no desenvolvimento do agronegócio e do turismo; indicação, para cada município integrante do Civap, de ações de cunho estratégico voltadas para a realização de oportunidades de negócios; escolha de dez projetos estruturantes regionais que possam colaborar na eliminação das barreiras ao desenvolvimento; e prover a região de diagnóstico econômico que possa orientar ações futuras diante de cenários definidos. O estudo mobilizará um investimento total de R$ 300 mil, do qual R$ 24O mil foram financiados pela Secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECT) e R$ 60 mil são de contrapartida do Civap.

O Presidente do Civap agradeceu o grande apoio que o Governo do Estado de São Paulo tem oferecido a região do Vale do Paranapanema

O encerramento do Lançamento foi marcado pela posse dos membros do Conselho Intermunicipal de Acompanhamento de Elaboração do Plano de Desenvolvimento Regional e Local dos Municípios do Vale dundefinedo Paranapanema, composto por titulares e suplentes dos municípios contemplados no Plano e representantes de instituições de ensino e pesquisa de Assis: Assis, Borá, Campos Novos Paulista, Cândido Mota, Cruzália, Echaporã, Florínea, Ibirarema, Iepê, João Ramalho, Lutécia, Maracaí, Nantes, Oscar Bressane, Palmital, Paraguaçu Paulista, Platina, Quatá, Rancharia, Tarumã, Taciba e Ocauçu; Unip, Fema, Unesp, Unopar, Coopermota, Apta, Cati.

A realização do Plano de Desenvolvimento Regional e Local é um antigo sonho do Vale do Paranapanema, que desde 2011 vem sendo delineado pelas lideranças da região e que neste ano, com o apoio do Governo do Estado e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia se tornou realidade e promoverá à Região um planejamento detalhado do seu processo de desenvolvimento e das potencialidades a serem exploradas e oportunizadas